Diabéticos podem comer doce? Descubra boas opções para a alimentação sem açúcar

Diabéticos podem comer doce? Descubra boas opções para a alimentação sem açúcar.

Pessoas diabéticas podem comer doce? A boa notícia é que esse velho dilema da vida de quem precisa controlar diariamente as taxas de açúcar no sangue, não precisa ser tão radical assim. Cada vez mais, com o maior conhecimento científico sobre a doença e às adaptações da gastronomia saudável, é possível manter, com os devidos cuidados, uma dieta alimentar sem eliminar as deliciosas receitas doces no dia a dia!

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, cerca de 13 milhões de brasileiros são portadores da doença, 69% da população. E, dentre as principais causas do problema, são justamente os níveis elevados de glicose na corrente sanguínea que dificultam o trabalho do organismo em produzir a insulina necessária para absorver a glicose ingerida e transportá-la para as células do corpo. Por isso, a restrição do açúcar é tão importante, devendo ser consumido moderadamente, como explica a nutricionista Caroline Miranda:

“Ao receber o diagnóstico de diabetes, uma das primeiras orientações em relação à alimentação é cortar os doces, o que gera tristeza e escolhas equivocadas de produtos para substituí-los. É fundamental que a partir do diagnóstico, as pessoas deem atenção especial a composição das suas refeições, pois o descontrole do nível de açúcar no sangue ao longo do tempo pode gerar complicações ainda mais graves nos olhos, rins, nervos, coração e casos sanguíneos. Além de episódios de hipoglicemia e hiperglicemia em curto prazo”, explica a profissional, ressaltando outros cuidados dos diabéticos com o açúcar refinado:

“Além da preocupação da quantidade de carboidratos presente nos alimentos, é importante associar a qualidade também. Desta forma é possível incluir doces na dieta para diabéticos desde que respeitem determinados itens como: ausência de açúcar refinado sendo este substituído pelo adoçante dietético Stévia. É importante associar fontes de fibras na preparação como: biomassa de banana verde, farinha de linhaça, farinha de maracujá, aveia e outras. Desta forma, a adesão a uma alimentação saudável é facilitada e consequentemente gera controle da doença e melhor qualidade de vida”, completa a profissional destacando, abaixo, 5 exemplos de sobremesas para incluir no dia a dia dos diabéticos.

5 opções de doces para a dieta de diabéticos:

1 – Mousse de Cacau

Ingredientes

– 5 colheres de sopa de abacate (que ele esteja maduro – mais cremoso – para misturar bem

com o restante dos ingredientes)

– 5 colheres de chá cheias de cacau em pó

– 4 colheres de chá de estévia em pó

– 1 colher de chá de semente de chia

Modo de preparo: Triture tudo em um mixer. Coloque em tacinhas e deixe na geladeira. Consuma gelada.

2 – Creme de Manga com Coco

Ingredientes

– 2 mangas bem maduras;

– 200 ml de leite de coco;

– 2 colheres de sopa de gel de chia;

– 1 colher de sopa de coco ralado;

– 1 colher de sopa de Stévia

Modo de Preparo: Liquidificar tudo, exceto o coco ralado que deverá ser acrescentado manualmente por último e levar a geladeira.

3 – Bolo de Banana com Canela de Micro-ondas

Ingredientes

– 1 Banana amassada

– 1 Ovo

– 5 colheres de sobremesa de Aveia em Flocos

– Canela a gosto

Modo de Preparo: Misturar todos os ingredientes

4- Bolo de cacau sem farinha

Ingredientes

– 3 colheres (sopa) de azeite de oliva ou óleo de coco

– 5 ovos

– 1 xícara (chá/250g) de biomassa de banana verde

– 1 xícara (chá) adoçante em pó para forno

– 3 colheres (sopa) de cacau em pó

– 4 colheres (sopa) de coco ralado

– 1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo: No liquidificador, bata o azeite e os ovos por 3 minutos e passe na peneira. Volte a bater essa mistura com a biomassa, o adoçante e o cacau. Coloque em uma fôrma de bolo inglês antiaderente e untada e asse em forno preaquecido a 180oC por 30 minutos.

5- Cupcake de coco

Ingredientes

– 1 colher (sopa) de óleo de coco

– 1 ovo

– 2 colheres (sopa) de água

– 4 colheres (sopa) de farinha de coco

– 1 colher (sopa) de coco ralado

– 1/2 colher (café) de fermento em pó

Modo de preparo: Coloque a mistura em caneca e leve por 2 minutos no micro-ondas

Cuidados necessários para o controle da Diabetes

Segundo a nutricionista, alguns cuidados são de suma importância, já que a doença possui duas variações: Diabetes tipo 1 e tipo 2: “Por exemplo, no Diabetes tipo 2, o tratamento pode acontecer apenas com dieta e atividade física, ou com medicações orais e insulina. Já, no Diabetes tipo 1 são utilizadas múltiplas doses de insulina e neste caso a atenção a quantidade de carboidrato associada com a dose de insulina para cada refeição será de extrema importância”, explica a profissional.

“A contagem de carboidratos é a chave do tratamento do diabetes e deve ser inserida no contexto de uma alimentação saudável. Esses carboidratos devem vir principalmente das frutas, dos vegetais e de grãos integrais de forma equilibrada. Há restrição do açúcar (presentes em biscoitos, bolos, doces, pão branco e outros). Em geral o consumo de açúcar total (presentes em todos os alimentos) pode chegar até 10% do valor calórico ideal para cada pessoa sendo o consumo recomendado variável de acordo com o controle da glicose. Dessa forma, a monitoração das glicemias ainda é considerada um guia eficaz para identificar as respostas específicas de cada alimento sobre a glicemia de cada pessoa. Procure orientação nutricional em caso de dúvidas”, finaliza a Dra. Caroline Miranda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Recentes